Há Um Mês, Serena.

Serena pequena,

 Meu feto

Meu afeto

Serena a minha vida

Não há o que

É só você

Não sou mais Eu

Eu sou o Teu

E a ti entrego

O que Fui

O que Eu Sou

O que Serei

Serena o meu coração

Serena a minha mente

Serena a minha alma

  

Anúncios

O Meu Chá de Bençãos

Melhor é eu escrever isso logo! Toda vez que começo, não consigo. Falta inspiração. Faltam palavras. Qualquer coisa parece pouco. Porque foi muito. Muito lindo, muito emocionante, muito verdadeiro, muito inspirador, muito renovador e muito abastecedor.

E assim foi:

Minhas mulheres vieram. Mulheres amigas. Mulheres da família. Todas minhas irmãs. Todas com seus melhores disfarces. Não me enganam mais! Sei que são anjos! Mas sim, vieram em suas formas e seus trajes mais lindos! Até quem não veio de corpo, esteve presente de alma.

Chegaram sorrindo, brilhando. Entraram leves. E assim que se deu. Sentaram em roda. Deram as mãos. Acenderam a luzes dos nossos espíritos, acalmando a minha mente, acariciaram meu coração. Contaram histórias, falaram, entregaram, abraçaram, riram e choraram.

E eu. E eu, no centro da roda, feliz feliz feliz, me fiz abençoada.

Cantamos.

Cada fala, falou fundo, junto, lá dentro do meu coração! Fez morada, aqui ficou.

Cada presente mostrado ficou imantado, magnetizado, munido e guardado, irradiando e vibrando, expandindo o amor.

E o amor! Aqui ficou, aqui cresceu. Ficou reverberando junto com a confiança, a coragem e a fé! E eu fui preenchida. Agraciada com regalos sutis e sublimes. Hoje faz um mês e está tudo aqui, amadurecendo e crescendo. Serena está para chegar e me sinto preparada.

Obrigada, 108 vezes, Obrigada!

 

História de Natal – As Aventuras do Cãozinho Easy, e Fabrício, o Gnomo.

Há dois anos escrevi esta historiazinha de Natal, para um serzinho muito especial, meu sobrinho. Ficou tão bonitinho!

Resolvi compartilhar, já que é tão complicado publicar.

Quem sabe assim, para quem tirar um minutinho, eu divido um pouco do meu carinho, do meu pensamento, da minha intenção!

Espero que cada um, neste Natal,  se recorde que Jesus habita em nós, está vivo em nós. Que o Natal é permitir  o nascimento e a permanência desse maravilhoso menino e de seus dons em nosso coração. O Natal é a prática do amor. A si, ao próximo, ao mundo! Hoje, amanhã e sempre!

Feliz Natal!

Clique aqui para ler: Aventuras do cãozinho Easy

889

“Namastê! Te vejo na aula de Yoga!”

Outro dia a Tati Gradim pediu para que eu escrevesse alguma coisa sobre yoga, para o novo blog dela. Fiquei feliz! Yoga deve ser a coisa que eu mais gosto na vida e no início deste ano fiz um propósito comigo mesma de que compartilharia com o mundo esse meu lado “Zen”! 1,2,3 e já!!!

Imagino que quem já conhece ou pratica Yoga se sente da mesma maneira que eu. Mas e quem não conhece? E quem tem uma ideia do Yoga baseada em fatos não reais? E quem me lê? E você? Falar de mim, e porque Yoga é tudo pra mim, é fácil! Mas no meu sonho, eu motivo você a ter a sua própria experiência. E a gostar dela.  Qual é a coisa que você mais gosta de fazer na vida? Todo mundo gosta muito de várias coisas, um monte delas, enfim, você sabe, tem esse monte de gente com tanto gosto diferente!  E tanta vida diferente! E da vida a gente não vive só o que é de gosto! Temos os problemas, as obrigações, imprevistos, afinal a vida é esse monte de momentos que vão acontecendo sem parar entre o “eu gosto muito” e o “eu desgosto”. E o Yoga é para a vida como um suporte, um corrimão!

Gostaria de poder falar sobre isso, com você aqui, junto a mim, porque o significado da palavra Yoga é União. Yoga é a experiência de união. E não dá para falar sobre esta sensação sem falarmos direto ao coração! Yoga é individual, por isso essas perguntas: e você? E como você faz para não enlouquecer com tudo o que precisa realizar, todos os dias, tantas vezes, e tantas sem o querer?

Yoga é quando apesar de tudo e de todos lá fora, estamos em um estado de união com nós mesmos, com tudo e todos que nos rodeiam. Não vou falar em Deus, espírito ou religião. Pois para o Yoga, você e Deus são o mesmo! Daí vem o famoso cumprimento Yogue, Namastê, que resumidamente quer dizer: o divino em mim saúda o divino em você. “Namastê para você!”

Yoga é uma filosofia de vida milenar, vinda da Índia. Caminha junto ao sistema de cura, também ancestral, denominado Ayurveda, a medicina indiana. De certa forma, o Yoga pode ser considerado um método de prevenção e cura usado por esta medicina, ou seja, um remédio! Desde que o Yoga começou a se popularizar no mundo, desde que os hippies descobriram esta “pílula” e começaram a trazer o conhecimento para o ocidente, muito barulho já foi feito em torno do tema. A despeito das boas e das más publicações, os benefícios do Yoga, como a redução da pressão arterial, regulação hormonal, alívio dos sintomas da ansiedade e depressão, entre outros, são comprovados cientificamente, assim não sobra margem para dúvidas. Yoga funciona!

Existem inúmeros métodos de se “fazer” Yoga. Posturas corporais que vinculamos visualmente ao Yoga acabam inibindo grande parte das pessoas, pois muitas vezes, o que mostram é um estágio bastante avançado da prática ou são criações da mídia para atrair um público segmentado de pessoas jovens, magras e saradas. Isso não é Yoga.

Sim, existe Yoga para quem não tem flexibilidade, existe Yoga até para quem não pode se movimentar. Não é apenas através de movimentos corporais que o estado de Yoga pode ser alcançado, como já disse, existe Yoga para todo o tipo de pessoas, personalidades e estilos de vida. Sabia que existe um tipo de Yoga da dança? Da música? Da ação? Do sono! (essa é ótima!). Do estudo e do conhecimento? Da meditação? Da contemplação? Do som? Sabia que algumas boas e longas respirações são a base do bom Yoga? Sim, você consegue praticar Yoga mesmo se for muito agitado.

O objetivo das práticas de Yoga, seja ela qual for, é proporcionar equilíbrio físico e emocional para que a mente possa se acalmar. Assim, é possível que se alcance um estado de harmonia entre corpo, emoção, mente e espírito e então, sentir-se em estado de União.

Mas isso não é tudo. Nunca alguém, por mais didático ou intelectual que seja, conseguirá explicar o que é Yoga. Pois Yoga é uma sensação, um sentimento, e para esta explicação, só fala a voz do coração. Uma boa inspiração. Uma pausa. Uma boa expiração. Uma pausa. E assim, inspirando e expirando, você permite se lembrar: Eu Sou Quem Eu Sou. Eu Existo. Eu Estou em União.

E para a gente terminar: não deixe para se cuidar lá adiante no futuro quando algum problema aparecer. Yoga também é presença e este momento é tudo o que nós temos. Seja agora aquele que você quer ser no seu futuro! Se presenteie estando presente em cada momento e sendo você o responsável pelo seu bem estar, físico, emocional e mental.

“Namastê! Te vejo na aula de Yoga!”

(publicado originalmente em Tati Gradim)

yoga

O Caminhar Abençoado, BlessingWay ou Caminho de Bençãos

Dependendo do nosso olhar, tudo nessa vida é uma benção. Quando os olhos do ver estão conectados aos olhos do sentir é possível que enxerguemos a beleza e a glória em tudo que acontece.  Quando estamos assim, não precisamos de nada mais, pois tudo faz sentido. Mas outras vezes precisamos de uma forcinha… Alguém ou algo que nos abra e nos entrelace estes olhares…

Chás de Bênçãos, Círculos de Bênçãos, Círculo de Mulheres, e tantas outras práticas são para isso: criar um ambiente sagrado, tirar algumas camadas do ego, permitir um acesso facilitado ao Ser, e permitir que Ele floresça. Simples. Sem regras, sem rótulos.

Após o nascimento de uma criança costumamos batiza-la. Entregar-lhe um nome e entrega-la a vida espiritual. Para mim esse é o ritual que chamamos de Blessing Way, ou lindamente: o Caminhar Abençoado.

Que mais belo presente, podemos entregar a um ser que vem chegando à nossa Terra do que vincular ao seu nome, a força que vem do seu espírito? Conectar ao nome que lhe será repetido milhares de vezes na vida, dons de alegria, prosperidade, equilíbrio, segurança e declarar a este ser que sim, ele é abençoado, amado, respeitado, divino e possui infinitas possibilidades, inclusive a de interconectar os seus olhares? Eu darei este presente para o meu filho, que em janeiro próximo nasce!

Tudo simples, feito com a intuição e o coração abertos. Pela própria família, pelos amigos, os mais chegados… Permitir que os corações todos pulsem juntos em um só ritmo: o de receber e amparar, criando uma frequência  que “banha” a criança, permeando e impregnando cada cantinho do pequeno grande Ser, para que ele venha a Ser simplesmente quem Ele É!

Recomendado para “crianças” de todas as idades!

Namaskar!

cdc4afdbd475ecc1360eff2478193b36

Círculo de Bênçãos ou Chá de Bênçãos

O Chá de Bênçãos é um dos eventos mais legais dos quais eu já participei. Seja como convidada, como facilitadora ou ambos, a ideia e a ação são simplesmente maravilhosas!

O tal chá de bênçãos pode ser feito para praticamente qualquer situação da vida, boas ou ruins, quando alguém que seja o foco da atenção queira ou precise receber um “banho” de energias positivas e amor.

Eu particularmente prefiro batizar o Chá de Bênçãos de Círculo de Bênçãos. Acho que o nome é mais apropriado ao que acontece, enquanto chá de benção me remete aos chá de bebê, ou de cozinha e no meu ponto de vista, de chá nesse evento só mesmo um chá bem gostoso e natural!

O que é o Círculo de Bênçãos?

É um ritual onde pessoas intimamente ligadas a uma em especial, irão se organizar, da maneira como acharem mais adequado para transmitir a este ser amado, palavras, gestos e lembranças de conforto, força, amizade, carinho, amor, segurança…

Gosto do nome Círculo, pois nos remete ao ato de sentarmos em formato de roda, como os índios, com aquela pessoal rara ao centro, ou em um lugar especial desta circunferência sagrada. Existem mil maneiras de se fazer isto, como já disse cada um pode fazer a sua. Este ritual tem entre outras origens, o shamanismo, onde os índios se sentavam em círculo, e criavam um ambiente seguro dentro e ao redor dele.

Temos ouvido falar deste evento sendo feito para as grávidas. Eu mesma o conheci assim. Uma opção gentil e carinhosa ao chá de bebê ou de fraldas, ou um complemento a ele. Mas a meu ver é uma prática tão linda que a deveríamos usar mais vezes! Em aniversários, bodas, comemorações ou até nas perdas…

Minha sugestão é que escolham um amigo ou uma pessoa que possa ser um facilitador que possa conduzir a todos neste momento, para que não haja preocupações mentais. Que os participantes realmente tenham afinidades e empatia com aquele que irá receber o “presente” mais uma vez evitando qualquer tipo de ansiedade e ainda que sejam esclarecidos previamente dos detalhes do evento. Por isso algumas pessoas preferem que o seu Círculo de Bênçãos seja um evento pequeno e restrito a poucas pessoas, mas isso não é regra! Uma vez ajudei na condução de um onde havia umas 30 mulheres abençoando a futura mãe. Foi Maravilhoso!  O importante é que aquele a receber as bênçãos de sinta totalmente à vontade com seus convidados.  Inclusive no que diz respeito aos serviços de bebidas (sem álcool) e comidinhas que devem ser simples, leves e que possam permanecer servidas do momento da chegada dos convivas ao fim do ritual (Já reparei que todo mundo adora fazer uma boquinha antes e depois das Bênçãos!).

A intenção é que os convidados façam mimos à pessoa querida, como massagens, um escalda pés, uma música…  E que verbalmente digam bênçãos a ela! Pode ser uma palavra, uma poesia ou uma oração. Note que não há um contexto religioso. O objetivo é que aquela pessoa se sinta abastecida de amor, confiança ou do que seja necessário para aquele momento.

Para as Futuras Mães

O Círculo de Bençãos é um ritual de passagem para uma nova fase da vida! Um ritual de empoderamento para a mulher, no sentido de que ela receba dos demais suporte e amparo para se tornar mãe! Para que se sinta preparada emocionalmente para o parto, a amamentação e as outras mudanças que virão.

O que uma mulher grávida gostaria de ter? Quais Dons dar e esta futura mãe? Força, coragem, paciência… Criando afirmações positivas, como mantras, as quais ela possa recorrer durante os meses vindouros. A benção ou dom pode vir acompanhado de uma lembrança, uma recordação de certa característica ou aspecto, de preferência algo simples, pequeno e simbólico, para que a pessoa possa guardar.

Importante lembrar,  que o ator principal neste momento é a mãe, apesar de todos quererem mimar e amar também ao bebê, o objetivo do Círculo de Bênçãos é apoiar a mulher que irá se tornar mãe, que está passando por tantas mudanças corporais e emocionais. O bebê receberá todas as mesmas bênçãos e alegrias, pois ainda habita o ventre de sua mãe! Para o bebê falarei depois em especial sobre o Caminho de Bênçãos. 

Que possamos plantar esta ideia, como a uma semente, tenho certeza que serão muitos os que recolherão seus frutos!

Caso você queira fazer um Círculo de Bênçãos e tenha dificuldade para escolher um facilitador: caroldtlima@hotmail.com.

Namaskar!

cha de bençãos

A Consciência

A consciência é uma coisinha que a gente tem.

Pensam que ela está dentro da cabeça. Mas eu acho que ela está no coração.

Pensam que ela é estática. Eu penso que ela é móvel.

Pensam que ela é garantida. A considero  um bônus.

Pensam que ela rígida. Entretanto, afirmo, ela é elástica, muscular, e como tal, deve ser exercitada.

Pensam que pensar é consciência. Sinto que não.

Estar consciente é uma dádiva que temos.

Estar consciente é estar presente.

Estar consciente é estar totalmente responsável por você mesmo.

Estar consciente é assumir quem sou, como sou e porque sou.

Estar consciente é entender.

Estar consciente é sentir.

Estar consciente é permitir,

Se abrir para cada momento de experiência da vida.

E aceitar.

Estar consciente é estar inteiro e mesmo assim estar permeável.

É permitir que a partir de seu próprio desejo, o Universo cuide de cada detalhe.

Estar consciente é estar desperto!

Estar consciente é inspirar e expirar.

Namaskar!

consciencua